+55 21 2507.7347 contato@avp.tur.br

Dicas AVP

PASSAPORTE

O passaporte brasileiro é o documento oficial, emitido pelo Departamento de Polícia Federal (DPF), que identifica o cidadão brasileiro perante as autoridades de outros países, permitindo a anotação de entrada e saída pelos portos, aeroportos e vias de acesso internacionais. Permite também conter os vistos de autorização de entrada.

REQUERENDO O PASSAPORT PARA BRASILEIROS:

1) Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está com prazo de validade expirado ou prestes a expirar e você deseja obter um novo documento de viagem, serão exigidos TODOS os documentos originais relacionados e você deverá solicitar a emissão no próximo passo.

2) Solicite a emissão do passaporte. Se tiver dúvidas sobre o preenchimento dos seus dados, ligue 194. Atenção: somente após a inclusão de seus dados será emitida a Guia de Recolhimento da União – GRU.
 
3) Pague a GRU, respeitando sua data de vencimento.
 
4) Compareça ao posto do DPF munido da documentação original exigida (vide item 1), GRU paga e protocolo da solicitação. Não é necessário mais levar fotografia, que será coletada no momento do atendimento. Em algumas unidades do DPF é necessário o agendamento prévio. Verifique aqui se você deve agendar o atendimento no posto escolhido.
 
5) O passaporte será entregue pessoalmente a seu titular, mediante apresentação de documento de identidade e assinatura de recibo. Busque seu passaporte no horário e local indicados.
 
Acesse o site  http://www.dpf.gov.br/ para maiores informações.
VISTOS
Visto Americano:
 
O visto americano é um documento exigido para qualquer pessoa de outra nacionalidade que deseja entrar em território americano e que não possua nacionalidade de um dos países de Isenção de Visto. O visto é necessário até mesmo para crianças ou para o trânsito em um Aeroporto Americano. O governo americano é bem rigoroso em seus critérios para a emissão do visto eua por questões de segurança, este site tem a finalidade de informar sobre os tipos de vistos e os documentos necessários para emissão do visto.
 
O governo americano possui uma variedade de vistos, que atendem a diversas finalidades e possuem formulários e requisitos específicos, os tipos mais comuns são: visto de trânsito, visto de imigrante, visto de não imigrante, visto de estudante.
 
Informações para tirar ou renovar o visto americano, preenchimento de formulário online, pagamento de taxa, emissão do código e agendamento de entrevista estão disponíveis para seu auxílio.

 

Se você tiver que viajar aos Estados Unidos, precisa tirar o visto americano. Para solicitar, deverá fazer os seguintes passos:

1- Pagar a taxa de R$ 38,00. Esta taxa é obrigatória e irá permitir que você faça o agendamento para a entrevista, além de ter acesso à informações gerais. O pagamento desta taxa, pode ser feito através do site visto-eua.com.br ou do telefone da central de agendamentos do Serviço de Informações de Vistos (21) 4004-4950.

2- Tenha essas informações e faça o seu agendamento de entrevista, através do site visto-eua.com.br ou do telefone (21) 4004-4950.

3- Preencha os Formulários de Solicitação de Visto Americano.

4- Faça o pagamento da taxa de solicitação de vistos, que seria de US$ 131.00 no Citibank, em dinheiro e apenas em R$.

5- No dia da entrevista, compareça à Embaixada ou Consulado com todos os documentos e formulários necessários e faça sua entrevista.

6- Após a entrevista, pague a taxa extra se for necessário, no caixa da Embaixada ou do Consulado. O valor dessa taxa dependerá do tipo de visto solicitado e de sua cidadania. O pagamento pode ser feito em dinheiro (dólares ou reais) ou cartão de crédito.

7- Pague a taxa de envio de seu passaporte ao serviço de entrega, antes de sua saída da Embaixada.

Mais informações acesse o site do consulado americano

 

Visto Canadense:

 

Se você deseja viajar para o Canadá, precisará de um visto de residente temporário.

Geralmente, o visto é válido por um período de permanência máxima de seis meses, entretanto o mesmo poderá ser diminuído quando você chegar no Canadá.

Ao chegar no Canadá, o oficial no porto de entrada informará se você poderá entrar no país e por quanto tempo poderá ficar. A data de vencimento do visto não pode exceder a data de vencimento indicada em seu passaporte.

Mais informações clique aqui.

 

Visto Mexicano:

 

Com a finalidade de oferecer ainda maiores facilidades migratórias para visitar o México, a partir do 1º de novembro de 2010, todos os cidadãos brasileiros nas categorias de turismo, negócios e trânsito, podem solicitar também o ingresso ao México através do visto eletrônico: Sistema de Autorização Eletrônica (SAE). O sistema emitirá uma autorização válida exclusivamente para cada viagem aérea, a qual deverá ser impressa e apresentada no balcão (check-in) daquelas companhias aéreas* que facultativamente estiverem operando com este sistema. Portanto, o solicitante brasileiro não precisa apresentar-se ao Consulado do México para requerer eventual autorização “extra” ou visto mexicano biomêtrico. Sendo o SAE facultativo para as companhias aéreas, o interessado deverá informar-se a respeito das companhias que efetivamente operem o sistema. O Consulado não é responsável por mudanças na política das companhias aéreas.

Companhias aéreas que já operam o SAE: Aeroméxico, Copa Airlines, Taca Airlines, Lan Airlines, Tam Airlines e Avianca.

O SAE pode ser acessado gratuitamente aqui. 

Sistema de Autorização Eletrônica (SAE) disponível nos sites da Embaixada do México e dos Consulados do México no Brasil. A autorização não tem custos. O solicitante poderá utilizar o sistema para cada viagem aérea ao México.

VACINAS
VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA 
 
Viajando para as regiões brasileiras mencionadas abaixo é aconselhável a vacinação contra a febre amarela. 
 
Região Centro Oeste: 
 
– Mato Grosso; 
– Mato Grosso do Sul. 
 
Região Norte: 
 
– Rondônia; 
– Acre; 
– Amazonas; 
– Roraima; 
– Amapá; 
– Pará; 
– Tocantins. 
 
Estão discriminados abaixo todos os países que exigem o certificado de vacinação contra a febre amarela. 
 
– Afeganistão; 
– África do Sul; 
– Albânia; 
– Angola; 
– Antigua e Barbuda; 
– Arábia Saudita; 
– Argélia; 
– Austrália. 
 
– Bangladesh; 
– Barbados; 
– Belize; 
– Benin; 
– Bhutan; 
– Bolívia; 
– Burkina Faso; 
– Burundi. 
 
– Cabo Verde; 
– Camarões; 
– Chad; 
– China Rep. Popular; 
– Colômbia; 
– Costa do Marfim. 
 
– Dominica. 
 
– Egito; 
– El Salvador; 
– Emirados Árabes; 
– Equador; 
– Equatorial Guiné; 
– Eritréa; 
– Etiópia. 
 
– Fiji. 
 
– Gabão; 
– Gâmbia; 
– Geórgia; 
– Ghana; 
– Grécia; 
– Grenada; 
– Guatemala; 
– Guiana; 
– Guiné-Bissau; 
– Guiné República. 
 
– Honduras. 
 
– Ilha Sta Lúcia; 
– Ilha St.Vicent and The Grenadines (Kingstown); 
– Ilhas Seychelles; 
– Ilhas Solomon; 
– Índia; 
– Indonésia; 
– Irã; 
– Iraque. 
 
– Jamaica. 
 
– Laos; 
– Líbia. 
 
– Madagascar; 
– Malásia; 
– Malawi; 
– Maldivas; 
– Mali; 
– Marshall – Ilha; 
– Mauricius; 
– Mauritania; 
– Moçambique; 
– Moldávia. 
 
– Namíbia; 
– Nepal; 
– Nicarágua; 
– Niger; 
– Nigéria; 
– Niue. 
 
– Oman. 
 
– Palau – Ilha; 
– Panamá; 
– Papua Nova Guiné; 
– Paquistão; 
– Peru. 
 
– Qatar. 
 
– Ruanda. 
 
– Samoa Americana; 
– Samoa – Western; 
– São Tomé e Princípe; 
– Senegal; 
– Sierra Leone; 
– Singapura; 
– Somália; 
– St. Kits – Nevis; 
– Sudão; 
– Suriname. 
 
– Tailândia; 
– Tanzânia; 
– Togo (República); 
– Tonga; 
– Trinidad e Tobago; 
– Tunísia. 
 
– Uganda. 
 
– Venezuela. 
 
– Yemen Republic. 
 
– Zaire – Rep. Democrática do Congo; 
– Zimbabwe. 
 
A vacinação contra a Febre Amarela é recomendada pelo Ministério da Saúde com no mínimo de 10 (dez) dias de antecedência do dia marcado para a viagem. 
 
POSTOS DE VACINAÇÃO : 
 
Importante: 
Para a vacinação contra a febre amarela, o viajante deve comparecer aos postos munido de Carteira de Identidade (ou Passaporte, em caso de viajantes estrangeiros). Os postos abaixo relacionados fornecem atestados de vacinação válidos para viagens nacionais e/ou internacionais. 
Para maiores informações entre em contato com a Secretaria de Saúde através do Disque-Saúde: 1520. 
 
São Paulo: 
 
Aeroporto de Congonhas (Ala Sul) 
Av. Washington Luis, s/nº – Campo Belo 
Fone: (11) 3241-2373 
De Segunda à Sexta, das 8h30 às 17h30. Aos Sábados, das 08h30 às 14h 
 
Aeroporto Internacional de Guarulhos 
Saúde dos Portos – Terminal de Passageiro l – Piso Térreo 
Fone: (11) 5090-9228 
De Segunda à Sexta, das 8h às 17h 
 
P.A.M. Santo Amaro 
Rua Paulo Eiró, 23 
Fone: (11) 3548-6245 
Às Terças, das 8h às 14h 
 
Posto Portuário de Santos 
Rua Frei Gaspar, 22 – Conjs. 11/12 – Centro 
Fone: (13) 3219-8076 
De Segunda à Sexta, das 8h às 12h 
 
Aeroporto Internacional Viracopos 
Rod.Santos Dumont, Km 66 
Campinas 
Fone: (19) 7255-5407 
De Segunda à Sexta, das 8h às 12h 
 
Rio de Janeiro: 
 
Saúde dos Portos – Setor de Vacinação 
Rua México,128 – Térreo 
Fone: (21) 3240-3568 
De Segunda à Sexta, das 10h às 11h e das 14h às 15h 
 
Rio Grande do Sul: 
 
Aeroporto Internacional Salgado Filho 
Av. Severino Dulius, 90010 – Porto Alegre 
Fone: (51) 3358-2459 
De Segunda à Sexta, das 8h30 às 12h30 
 
Pernambuco: 
 
Aeroporto Internacional de Guararapes 
Pça Ministro Salgado Filho, s/nº – Imbiribeira 
Fone: (81) 3462-4954 
Às Segundas e Quintas, das 7h30 às 11h30 
Às Quartas, das 13h às 17h 
 
Aeroporto de Petrolina 
BR 235 – Km 11 – Petrolina 
Fone: (81) 3863-1514 
De Segunda a Sábado, das 9h às 15h 
 
Porto de Recife 
Av. Alfredo Lisboa, 1168 / SL 
Fone: (81) 3224-0217 
De Terça e Sexta, das 7h às 11h30 
 
Bahia: 
 
Aeroporto Internacional Dep. Luis Eduardo Magalhães – 1º piso – Salvador 
Fone: (71) 3377-3138 
De Segunda à Sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30h às 17h 
 
Brasília: 
 
Aeroporto Internacional de Brasília 
Local: Desembarque internacional 
Fone: (61) 3364-9228 
De Segunda à Sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h 
 
Ministério da Saúde 
Posto de Vacinação – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Anexo Térreo 
Fone: (61) 3315-2671 
De Segunda à Sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h 
 
Minas Gerais: 
 
Centro 
Rua Rio de Janeiro, 1200 
Fone: (31) 3689-2009 
De Segunda à Sexta das 8h30 às 11h15 e das 14h às 17h 
 
Santa Catarina: 
 
Aeroporto Internacional Hercílio Luz 
Av. Diomício Freitas, s/nº – Carianos – Florianópolis 
Fone: (48) 251-7800 
De Segunda à Sexta das 08:00 às 12:00
TELEFONES ÚTEIS
BRASIL DIRETO:
 
O idioma não é mais um problema para quem precisa ligar do exterior para o Brasil.
 
A Embratel oferece a você o BrasilDireto. Com ele, você liga a cobrar de qualquer telefone no mundo e o pagamento é feito no Brasil, em Reais. E você ainda pode escolher em qual idioma deseja ser atendido: português ou inglês.
 
Benefícios 
  • Você escolhe se quer ser atendido em português ou em inglês.
  • A ligação é paga no Brasil, em R$.
  • Você pode ligar de qualquer telefone no exterior: fixo, móvel ou público*.
  • Sua ligação pode ser feita automaticamente ou com o auxílio de um operador da Embratel, onde você tem acesso a serviços exclusivos.
 

CÓDIGO DE ACESSO DO BRASILDIRETO
África do Sul 0800 99 00 55
Alemanha 0800 080 00 55
Argentina
0800 999 55 00
0800 999 55 01
0800 999 55 03
0800 555 55 00
Austrália 1800 881 550
Áustria 0800 200 255
Bélgica 0800 10 055
Bolívia 800 10 00 55
Canadá 1 800 463 66 56
Chile
800 360 220
800 800 272
China 01800 490 0125
Chipre 800 93 291
Cingapura 800 0550 550
Colômbia
01 800 955 00 10
01 800 555 12 21
Coréia Rep.
00 722 055
00 309 551
Costa Rica 0800 055 10 55
Dinamarca (1) 808 855 25
Equador 1 999 177
Eslováquia Rep. 0800 00 55 00
Espanha (2) 900 99 00 55
Estados Unidos (3)
1800 344 10 55
1800 283 10 55
1800 809 22 92
1800 745 55 21
1888 883 47 83
Finlândia 0800 110 550
Formosa 801 550 055
França (4) 0800 99 00 55
Grécia 800 16122 054194
Guiana Francesa 0800 99 00 55
Holanda 0800 022 06 55
Hong Kong 800 96 00 55
Hungria 068 000 55 11
Israel
180 949 45 50
180 920 55 55
Itália (5) 800 172 211
Japão
00 539 551
00 663 5055
Luxemburgo 0800 20055
México 01 800 123 02 21
Mônaco 800 90 055
Nicarágua 163
Noruega 800 195 50
Nova Zelândia 000 955
Panamá 00800 0175
Paraguai 00855 800
Peru 0800 501 90
Polônia 00 800 491 14 88
Portugal (6) 800 800 550
Reino Unido
0800 89 00 55
0800 056 74 42
República Dominicana 1 800 751 85 00
Rússia 81 0800 209 71 049
Suécia 207 990 55
Suiça 0800 55 52 51
Uruguai 000 455
Venezuela 0800 100 1550
 
ATENÇÃO
 
– O uso de telefones em hotéis e seu critério de pagamento dependem de cada hotel.
– Poderá haver necessidade de moeda ou cartão para habilitar o uso do telefone público.
– O uso de telefones celulares poderá incorrer em pagamento de tarifa de roaming. Consulte sua operadora móvel.
– O acesso a este serviço a partir de telefones celulares pode não estar habilitado em alguns países.
 
(1) Para ilhas Faroe, somente chamadas a cobrar.
(2) Inclui Baleares, Canárias, Ceuta e Melilla.
(3) Inclui Alasca, Havaí, Porto Rico, Ilhas Virgens Americanas, Guam e Ilhas Marianas do Norte.
(4) Inclui Ilha de Córsega.
(5) Inclui San Marino e Vaticano.
(6) Inclui Açores e Madeira.

 

 

 

 

 

 

VIAJANDO PELO BRASIL

Para viajar dentro do território nacional não é necessário o uso de passaport. mas você precisa de algum documento de identidade. São reconhecidos como documentos de identidade:

Maiores de 18 anos:

  • RG original ou Carteira Nacional de habilitação válida com foto;
  • Passaporte Nacional válido; 
  • Carteira de Trabalho; 
  • Certificado de reservista; 
  • Carteiras Profissionais emitidas pelos Conselhos com foto (EX: OAB, CRM, ETC.); 
  • Cartões de identidade expedidos pelos Ministérios e órgãos subordinados ao Presidente da República, incluindo comandos da Marinha, Exército, Aeronáutica e Ministério da Defesa.

Crianças de 12 a 17 anos:

Desacompanhadas:

  • RG original ou Certidão de Nascimento original; 
  • Passaporte Nacional válido; 
  • Carteira de Trabalho.

 Acompanhadas: 

  • RG original ou Certidão de Nascimento original; 
  • Passaporte Nacional válido; 
  • Carteira de Trabalho.

Crianças de 06 a 11 anos:

Desacompanhadas: 

  • RG original ou Certidão de Nascimento original; 
  • Preenchimento no aeroporto de protocolo de Autorização de Viagem de Menor desacompanhado; 
  • Autorização Judicial (Juizado de Menores).

OBS: A autorização judicial que a criança deverá portar não necessita ter sido expedida na cidade de embarque, podendo, assim, ser emitida em qualquer localidade. A autorização judicial não terá que conter obrigatoriamente a informação de trecho, data, nome e parentesco da pessoa responsável, etc., pois cada localidade possui sua particularidade para emissão.

Acompanhadas: 

  • RG original ou Certidão de Nascimento original. 

OBS: Não é necessária Autorização Judicial (Juizado de Menores), desde que o acompanhante seja maior de 18 anos, e seja ascendente até o terceiro grau ( irmãos, tios ou avós ) com documentação que comprove o parentesco. Ou, em outro caso, do acompanhante ser expressamente autorizado pelo pai, mãe responsável, por escrito com firma reconhecida.

Crianças de 00 a 05 anos:

Desacompanhadas: 

  • Não serão transportadas crianças menores de 05 anos.

Acompanhadas:

  • RG original ou Certidão de Nascimento original; 
  • Não é necessária Autorização Judicial (Juizado de Menores), desde que o acompanhante seja maior de 18 anos, e seja ascendente até o terceiro grau (irmãos, tios ou avós) com documentação que comprove o parentesco. Ou, em outro caso, do acompanhante ser expressamente autorizado pelo pai, mãe responsável, por escrito com firma reconhecida. 

OBS: No caso de gêmeos ou trigêmeos, será necessário um adulto por criança.
* BOLETINS DE OCORRÊNCIA só serão aceitos se emitidos por furto ou roubo. Não serão aceitos nos casos de perda ou extravio.

VIAJANDO PELO CONESUL

Para viagens internacionais dentro do países membros do Mercosul (Argentina, Uruguai e Paraguai) não é necessário o uso do passaporte brasileiro, contudo, você pode usá-lo se preferir. Para entrar nesses paises basta apresentar a carteira de identidade(RG) em bom estado e recente para evitar problemas na fronteira.

 
Recomendamos que a foto esteja nítida e de fácil identificação.
 
Mais informações sobre o Cone Sul acesse aqui.
VIAJANDO PARA AMÉRICA DO NORTE
Visto Americano:
 
O visto americano é um documento exigido para qualquer pessoa de outra nacionalidade que deseja entrar em território americano e que não possua nacionalidade de um dos países de Isenção de Visto. O visto é necessário até mesmo para crianças ou para o trânsito em um Aeroporto Americano. O governo americano é bem rigoroso em seus critérios para a emissão do visto eua por questões de segurança, este site tem a finalidade de informar sobre os tipos de vistos e os documentos necessários para emissão do visto.
 
O governo americano possui uma variedade de vistos, que atendem a diversas finalidades e possuem formulários e requisitos específicos, os tipos mais comuns são: visto de trânsito, visto de imigrante, visto de não imigrante, visto de estudante.
 
Informações para tirar ou renovar o visto americano, preenchimento de formulário online, pagamento de taxa, emissão do código e agendamento de entrevista estão disponíveis para seu auxílio.

 

Se você tiver que viajar aos Estados Unidos, precisa tirar o visto americano. Para solicitar, deverá fazer os seguintes passos:

1- Pagar a taxa de R$ 38,00. Esta taxa é obrigatória e irá permitir que você faça o agendamento para a entrevista, além de ter acesso à informações gerais. O pagamento desta taxa, pode ser feito através do site visto-eua.com.br ou do telefone da central de agendamentos do Serviço de Informações de Vistos (21) 4004-4950.

2- Tenha essas informações e faça o seu agendamento de entrevista, através do site visto-eua.com.br ou do telefone (21) 4004-4950.

3- Preencha os Formulários de Solicitação de Visto Americano.

4- Faça o pagamento da taxa de solicitação de vistos, que seria de US$ 160.00 no Citibank, em dinheiro e apenas em R$.

5- No dia da entrevista, compareça à Embaixada ou Consulado com todos os documentos e formulários necessários e faça sua entrevista.

6- Após a entrevista, pague a taxa extra se for necessário, no caixa da Embaixada ou do Consulado. O valor dessa taxa dependerá do tipo de visto solicitado e de sua cidadania. O pagamento pode ser feito em dinheiro (dólares ou reais) ou cartão de crédito.

7- Pague a taxa de envio de seu passaporte ao serviço de entrega, antes de sua saída da Embaixada.

Mais informações acesse o site do consulado americano

 

Visto Canadense:

 

Se você deseja viajar para o Canadá, precisará de um visto de residente temporário.

Geralmente, o visto é válido por um período de permanência máxima de seis meses, entretanto o mesmo poderá ser diminuído quando você chegar no Canadá.

Ao chegar no Canadá, o oficial no porto de entrada informará se você poderá entrar no país e por quanto tempo poderá ficar. A data de vencimento do visto não pode exceder a data de vencimento indicada em seu passaporte.

Mais informações clique aqui.

 

Visto Mexicano:

 

Desde 2013, os brasileiros podem viajar para o México e permanecer até 90 dias sem a necessidade do visto, a medida também vale para os mexicanos que visitarem o País, é o que diz o Acordo para a Isenção de Vistos de Curta Duração em Passaportes Comuns, assinado em 23 de novembro de 2000 e retomado entre os dois países.

O acordo permite o ingresso de cidadãos de um país no território do outro, sem necessidade de visto, por períodos de até 90 dias, contados a partir da data de entrada, renováveis, desde que a permanência total não exceda 180 dias no período de um ano. A aplicação do acordo havia sido suspensa em 8 de setembro de 2005, com efeitos a partir de 23 de outubro daquele ano.

Exigências

Os interessados devem lembrar que a isenção de vistos de curta duração não significa que outras exigências sejam feitas no momento do controle migratório, como por exemplo, passagem de regresso, prova de meios de subsistência e comprovante de hospedagem.

O Itamaraty recomenda que os brasileiros que viajam para o México consultem as páginas eletrônicas do Consulado-Geral do Brasil no México e doServiço Exterior mexicano para conhecerem as condições de ingresso no País.

Em caso de dificuldade, o viajante pode ligar para os seguintes telefones: 55-4160-3953 (chamadas a partir da Cidade do México), 04455 3455-3991 (chamadas da Cidade do México), 0155 3455-3991 (chamadas de qualquer outro local no México) e 00xx52155 3455-3991 (chamadas de qualquer lugar do Brasil). Ou ainda enviar e-mail assistencia.cgmexico@itamaraty.gov.br.

VIAJANDO PARA EUROPA

A Europa concentra os principais países de destino entre os brasileiros. Os turistas que querem visitar o Velho Mundo devem acompanhar as regras determinadas pela União Europeia.

A partir de agora, quem pretende visitar as nações que fazem parte do Tratado de Schengen precisam ter validade adicional de três meses no passaporte, a contar da data de partida da Europa. Ou seja, para visitar o continente, o turista deverá contar com um passaporte que continue valendo por, no mínimo, 90 dias após deixar o país visitado. Além disso, o documento deve ter sido emitindo há menos de dez anos.

A regra vale para os seguintes países: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Suíça, que não exigem visto para a entrada de brasileiros.

Além do passaporte, estes países pedem que o turista viaje com seguro de saúde e comprove que tem condições financeiras para se manter durante a sua estadia no destino escolhido.

Como as exigências variam de um país para o outro, antes de comprar as passagens e reservar um hotel na Europa, vale a pena consultar as regras disponíveis no site da União Europeia. Lá, é possível encontrar informações especificadas de acordo com a nação escolhida como destino e, com isso, se precaver com toda a documentação necessária para visitar a Europa.

Escolha seu destino de acordo com suas preferências e daquilo que gosta de fazer. Não siga somente os conselhos de quem já foi. O que é bom pra uma pessoa pode não ser tão bom pra outra.

Por exemplo, se você gosta de sol, praia e badalação, procure as cidades do mediterrâneo como o sul da Itália, Espanha, França e Portugal. Se gosta de arte e visitar museus, opte por cidades grandes e históricas como Paris, Madrid ou Roma. Se quer conhecer a neve e passar um pouco de frio, vá para o norte da Europa ou nas inúmeras cidadezinhas de montanha da Suiça, Itália e França. Enfim, nem sempre as cidades mais visitadas podem ser a cidade ideal para você.

VIAJAR DE TREM PELA EUROPA

Meio de transporte pouco usado no Brasil, o trem é uma das formas mais tradicionais de viajar pela Europa. Com ele, é possível atravessar um país – ou vários – sem precisar fazer check-in, despachar malas ou deslocar-se para longe do centro das cidades, onde costumam situar-se os aeroportos.

No entanto, passageiros de primeira viagem devem ficar atentos a algumas características específicas desse meio de transporte. “O trem possui um funcionamento único, que é bem diferente do avião e do ônibus. Isso pode confundir algumas pessoas”, afirma María Corinaldesi, gerente para a América do Sul da Rail Europe, empresa que vende e distribuiu bilhetes para trens europeus.

Segundo ela, o brasileiro está se acostumando cada vez mais com esse estilo de viagem. Tanto que o Brasil se tornou o quarto mercado da empresa, que atua em mais de 45 países.

Excesso de malas torna a viagem desconfortável

– Não exagere na bagagem
Diferentemente dos aviões, os trens não estabelecem um limite de peso e quantidade de volumes de bagagem de malas. Mas o recomendável é levar apenas aquilo que se consegue carregar de forma confortável. Isso porque é o próprio passageiro que transporta as malas e embarca e desembarca com elas do vagão. Se os volumes forem muito grandes ou pesados, pode ser mais difícil encontrar um lugar para acomodá-las nos vagões, além de tornar desconfortável o momento de entrar e sair do trem.

– Seja pontual
Os trens são extremamente pontuais e a maioria deles encerra o embarque 2 minutos antes do horário de saída. Como é preciso encontrar a plataforma correta dentro da estação, é bom chegar com uma pequena folga de tempo para não haver erro. Por outro lado, também não é recomendável chegar com antecedência excessiva, já que o trem costuma chegar à plataforma apenas alguns minutos antes da partida, o que pode levar a uma espera desnecessária.

– Preste atenção ao nome das estações de embarque e desembarque
Imprima a reserva antes de viajar, para ter à mão todas as informações. Além de algumas cidades terem mais de uma estação de trem, dependendo do idioma do país onde você estiver, é fácil se confundir com o anúncio pelo microfone do nome das paradas.

– Passaporte é exigido em alguns países da Europa
Mesmo dentro da União Europeia, confira se há exigência de passaporte
Confira se o destino para onde você vai exige a apresentação de passaporte. Embora a política de livre circulação de pessoas entre os países da União Europeia seja válida para estrangeiros que possuam visto para ingressar em uma das nações do bloco, a polícia pede apresentação de passaporte para entrar no Reino Unido e na Irlanda. O mesmo acontece para quem cruzar a Islândia, a Noruega e a Suíça – mas, neste caso, por esses países não pertencerem à União Europeia.

– Veja se é obrigatório reservar assento
Mesmo para quem compra um passe ilimitado, em alguns casos é obrigatório fazer reserva do assento antes de viajar, para garantir o embarque. É o que acontece com os trens noturnos, panorâmicos e de alta velocidade, por exemplo. Preste atenção nisso ao escolher o trecho de cada viagem.

Viaje com segurança

Viaje tranquilo! Em qualquer emergência, você terá assistência das melhores empresas de seguro viagem.

Reserve sua viagem

Fale com nossos especialistas em viagens e comece a realizar os seus sonhos com a AVP

Clique aqui