Acreditamos que sempre é possível realizar sonhos. Por esse motivo, preservamos acima de tudo a qualidade dentro de um modelo de soluções de negócios e lazer eficaz para todos os seus clientes.

(21) 2507-7347 | 99972- 0862
contato@avp.tur.br

Se existe um lugar para onde todo mundo quer ir, este lugar é a Grécia!

Nesse primeiro post vamos conhecer um pouco da sua capital, Atenas.

Atenas é a capital histórica da Europa, uma vez que, desde o período Neolítico até aos nossos dias, nunca deixou de ser habitada. O momento culminante de sua longa e fascinante história veio no século V a.C (o Século dourado de Péricles), quando seus valores e civilização estenderam além das fronteiras geográficas da cidade e tornaram-se universais.  O pensamento político, teatro, artes, filosofia, ciência, arquitetura e tantos outros aspectos do pensamento chegou ao seu épico apogeu em um acordo temporário e com uma plenitude intelectual única na história.

Foi assim que Atenas se tornou a origem da civilização ocidental.   Além disso, inúmeras palavras e conceitos gregos, como democracia, harmonia, música, matemática, técnica, gastronomia, arquitetura, lógica e muitas outras, enriqueceram muitas línguas e inspiraram várias civilizações. Ao longo dos séculos, a cidade conheceu vários conquistadores que deixaram suas pegadas em monumentos com um esplendor e uma importância única, criando um raro conteúdo histórico.

Em 1834 foi declarada a capital do estado grego moderno, no que, sem dúvida, influenciou o seu passado clássico, mas nos séculos seguintes foi transformado em um centro urbano moderno com um charme único e grande interesse.

Hoje, a visita é uma experiência irretocável. Um “viajar” para uma história de 6.000 anos, desde monumentos importantes e obras-primas da arte da antiguidade para a Idade Média, como também o patrimônio arquitetônico dos séculos XIX e XX.  O sentimento maravilhoso que generosamente deslumbra com o céu mais lindo e luminoso, a magia da paisagem natural circundante (costas, montanhas e colinas) e o prazer das infraestruturas modernas e a excepcional vitalidade dos seus habitantes.

Após o fechamento do tráfego de várias estradas no centro da cidade, Atenas tem a maior rua de pedestre na Europa, com um comprimento de 3 km, que liga os sítios arqueológicos mais importantes da cidade. No trecho da rua Dionísio Areopayitú (em frente ao Portão de Adriano) até a confluência das ruas Ermu e Pireós, recupera, em grande medida, a paisagem antiga, como uma ampla área liberada para as atividades de uma cidade moderna.

Os séculos XI e XII são considerados a idade de ouro da arte bizantina ateniense. Quase todas as maiores igrejas bizantinas da cidade foram construídas durante estes dois séculos e devem sua existência à reconstrução cristã que seguiu as campanhas do Imperador Basílio II nos Balcãs. Também alguns dos monastérios mais conhecidos foram fundados durante o mesmo período de Atenas.

Plaka é o bairro mais antigo de Atenas, conhecido como “o   bairro dos deuses”, com uma atmosfera muito especial.  A partir do momento em que você começa a andar pelas ruas estreitas lado a lado, se tem a sensação de fazer uma viagem através do tempo. Uma das teorias mais aceitas, Plaka deve seu nome a uma grande placa de pedra que foi encontrada na área perto da igreja de Ayios Yeoryios (São Jorge) de Alexandria, ao lado do Teatro de Dionísio. A beleza das cores neoclássicas das casas, sua arquitetura, os jardins bem cuidados, o bom gosto e a atmosfera da área encantam o visitante. Em Plaka, até o ar é diferente: mais leve, mais limpo e aromatizado como um presente dos deuses.  Se o visitante decidir dar um passeio na área, é bom levar um mapa porque Plaka é um labirinto de ruas estreitas e becos.  Em Adriano, rua central no distrito de Plaka, bem como em outras ruas da área, encontram-se lojinhas com itens tradicionais, lembranças, amostras de arte popular grega etc.

Atenas é uma cidade que oferece ao visitante a impressão de que ela nunca dorme. Muitos dizem que Atenas vive à noite.  Esta afirmação é, em grande parte, uma realidade. Nenhuma outra cidade no mundo oferece tantas chances de diversão noturna como esta cidade tão antiga e tão moderna.  São inúmeras possibilidades, tais como teatro grego clássico  em um palco que remonta ao que foi escrito nas suas obras, orquestras de renome internacional realizando vários musicais em um dos auditórios mais modernos da Europa, além da atmosfera em todos os  restaurantes da cidade ou nas tabernas típicas gregas movidas com música tradicional (buzuki) e ainda, as centenas de bares modernos onde se ouve  todos os tipos de música e reúne uma infinidade de pessoas. Durante a visita à Grécia, vale a pena visitar um desses lugares, ouvindo música grega autêntica, cantar e dançar com os clientes e ali fazer novos amigos.

Atenas é uma cidade cheia de agradáveis surpresas para todos aqueles que procuram boas compras e oportunidades. Joias de ouro e prata são grande interesse em função do mundialmente renomado desenho grego.  As inúmeras joalherias, que são encontradas principalmente na área de Síntagma e Kolonaki, oferecem uma ampla coleção de reproduções de joias gregas antigas e joias tradicionais e modernas. A maioria delas são feitas à mão por joalheiros locais.  Boas compras incluem também lembranças turísticas, artesanatos de bronze. A cidade ficou famosa desde os anos arcaicos para a produção de objetos de bronze, de barro e de cerâmica.  O lugar ideal para encontrar peças únicas de cerâmica grega é a cidade de Marusi, onde a maioria de designers ceramistas têm seus locais de exposição. As roupas de lã e algodão de alta qualidade e design exclusivo são uma boa compra, além de um grande número de antiguidades encontrados em vários estabelecimentos, como madeiras pintadas a mão, miniaturas preciosas e objetos decorativos pequenos, entre muitos outros.

Os sabores   únicos da cozinha grega fazem com que a Grécia se destaque na gastronômica internacional. Durante a sua estadia no país, você encontrará agradáveis surpresas   gastronômicas.  Não são apenas os “musakás”, o “suvlaki” e a salada “joriátiki” que se encontra na tradicional gastronomia grega, mas há também uma grande variedade de pratos que podem satisfazer completamente aqueles que gostam de carne e os vegetarianos. A cozinha grega influenciou e foi influenciada por países vizinhos no Oriente e no Ocidente, e o que faz a cozinha tradicional se destacar é a combinação de ingredientes excepcionais e a filosofia grega em relação a ideia de partilhar comida com os outros.

Grécia, além de ser o lugar de nascimento de Dionísio, deus do vinho, é também o lugar de origem do primeiro vinho com denominação de origem na história, os vinhos dos Quíos y Tasos, famosos em todo o mundo. Por várias razões históricas e sociais, bem como vários desastres naturais, a técnica de fabricação de vinho foi negligenciada em meados do século XIX até 1960. Foi a partir daí então que eles começaram a se recuperar. Ao experimentar o vinho grego, tenha em mente que se trata de uma colheita excepcional, produzida a partir de variedades de uvas desconhecidas que acompanha com perfeição os pratos da cozinha mediterrânea.

Atenas é uma das capitais mais cativantes e deslumbrantes da Europa, fascinando qualquer visitante em qualquer época do ano.

Vem com a gente!!

Postar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.