Acreditamos que sempre é possível realizar sonhos. Por esse motivo, preservamos acima de tudo a qualidade dentro de um modelo de soluções de negócios e lazer eficaz para todos os seus clientes.

(21) 2507-7347 | 99972- 0862
contato@avp.tur.br

Região Serrana, vale a pena parar em algum mirante para observar a bela paisagem!

A beleza da sua vegetação e uma vasta cultura que compõe a memória do nosso país fazem de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Guapimirim um charme que junto a natureza exuberante se completam neste cenário deslumbrante da Região Serrana. No inverno o clima é mais charmoso e os festivais animam as cidades e no verão, rios, cachoeiras e trilhas são um convite ao ecoturismo. E em especial para o ecoturismo, a região é o berço do montanhismo e sedia a travessia mais famosa do país, a Petrópolis-Teresópolis, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. A região conta com excelente gastronomia e várias opções de restaurantes e hotéis e pousadas aconchegantes.

Petrópolis

É um caldeirão de diversidade cultural. São museus, centros culturais, teatros, igrejas, prédios históricos e palácios que contam a história do município. A cidade começou com uma fazenda de D.Pedro I que repassou para o seu filho D.Pedro II que a construiu para ser a sede da corte com um projeto urbanístico ousado para a época. Até hoje as marcas do passado estão expostas pelas ruas e mansões da cidade. Suas principais atrações são o Museu Imperial, antigo palácio de verão da família real; o Museu Casa de Santos Dumont, residência do pai da aviação; o Palácio de Cristal; a Catedral São Pedro de Alcântara, onde estão os restos mortais de D. Pedro II, D. Teresa Cristina, Conde D’Eu e Princesa Isabel; a Casa da Ipiranga residência do Barão de Mauá; Casa da princesa Isabel; Casa de Rui Barbosa; e ainda o Palácio Rio Negro, residência Oficial da Presidência da República. Além de cultura, Petrópolis é conhecida por boas compras na famosa Rua Teresa e bem próximo temos o pólo gastronômico de Itaipava.  Muitas histórias para contar de uma cidade que tem uma grande importância para a história do nosso país no período colonial e se harmoniza com a modernidade do século XXI.

Teresópolis

Encantadora, a cidade com belezas naturais e clima agradável que encantou a família Imperial e, particularmente, a esposa de D. Pedro II, D. Teresa. A família viajava para descansar em busca da tranquilidade. Daquela época até os dias atuais, Teresópolis continua atraindo cada vez mais, milhares de visitantes e mesmo novos moradores que, como a família imperial, encantam-se com o clima privilegiado, a exuberante beleza de sua paisagem, além dos belíssimos atrativos naturais e culturais, e é claro de seu povo muito hospitaleiro. Por causa do seu clima ameno, foi escolhida como sede de treinos da CBF, sendo o local de concentração da Seleção Brasileira de Futebol, situada na Granja Comary. Também devido ao clima e a sua localização, a cidade é responsável pela produção da maior parte dos hortigranjeiros consumidos no Estado, onde produz cerca de 93 % das hortaliças. Teresópolis abriga uma das maiores feiras a céu aberto do país, a Feirinha de Teresópolis, que comercializa diversos produtos da moda feminina, infantil, móveis, uniformes, potes, bijouterias e muito mais. A gastronomia fica por conta de variados e famosos restaurantes como Dona Irene de comida russa; A Vila St Gallen, uma cervejaria espetacular e com petiscos típicos da Alemanha; a Viva Itália, com pratos típicos italianos, entre tantos outros. Ainda para os aventureiros o Parque Nacional da Serra dos Órgãos é uma excelente opção.

Nova Friburgo

É conhecida como a Suíça Brasileira pelo seu clima bem ameno, pela hospitalidade e pelas belezas naturais. Colonizada pelos suíços no século XIX, Friburgo vem sendo desbravada pelos ecoturistas, que lá encontram trilhas para prática de trekking, mountain-bike e off-road; rios para curtir o rafting; e formações rochosas perfeitas para apreciar a paisagem, a pedra do Cão Sentado e o pico da Caledônia. As vilas de Lumiar e São Pedro da Serra, a 30 quilômetros também atraem visitantes pela natureza intocada, onde os arraiais preservam o astral rústico da região com charme de sobra garantido pelas pousadas, restaurantes e lojinhas. Também nos arredores está a mais saborosa herança deixada pelos colonizadores: a culinária. No distrito de Mury, pólo gastronômico de Friburgo, estão restaurantes especializados em fondues e racletes. Além disso Nova Friburgo é considerada a “Capital nacional da Lingerie”, pois abriga fábricas dos mais variados portes e em vários locais da cidade, mas as compras ficam mais concentradas no bairro de Olaria e na Ponte da Saudade, onde também encontramos lojas com queijos de cabra, biscoitos amanteigados, chocolates caseiros e artesanato de bom gosto.

Guapimirim

Localizada na base do Pico Dedo de Deus, é considerada um santuário natural. Cerca de 70% do seu espaço está distribuído em cinco áreas de proteção ambiental, sendo uma delas o Manguezal que recebe o nome de Pantanal Fluminense, concentrando o último fragmento de manguezal da Baia de Guanabara. As cachoeiras da Caneca Fina e Soberba são outros atrativos da cidade, com piscinas naturais e muita beleza. Guapimirim é um lugar de riquezas históricas e naturais preservadas. Nesta região localiza-se o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, seu nome se deve à semelhança que os picos de sua serra têm com os tubos dos órgãos das igrejas. Neste paredão rochoso e desnivelado da Serra do Mar, destaca-se o maciço do Dedo de Deus: um bloco de 1.692 metros de altitude que é símbolo do montanhismo no Rio de Janeiro, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural (IPHAN).

Cachoeiras de Macacu

O município é o berço da preservação ambiental e possibilita o encontro do homem com os mais bonitos e raros animais silvestres. Os rios da região reservam atrações como escorregas naturais, piscinas de águas cristalinas e cachoeiras de beleza rara atraindo os fãs de água doce e de aventura. Para os adeptos do montanhismo, pedras e serras descortinam paisagens contornadas ora por praias, ora por cadeias de montanhas. Da Pedra da Visão, a 1.700 metros de altitude, avista-se Baixada Fluminense e parte da Região dos Lagos. Já a Pedra do Colégio, procurada também para a prática de rapel e escalada, mostra as formações da Serra dos Órgãos. Cachoeiras de Macacu foi habitada por índios Coroados e Puris. O povoamento da região iniciou-se no século XVI, com a ocupação das margens do Rio Macacu, e hoje sofre os efeitos do avanço das grandes cidades ao seu redor, e faz com que seja procurada para abrigar sítios de lazer e muito turismo de aventura.

A Região Serrana é isso! Um espetáculo à parte e uma experiência única!

Postar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.